Shopping cart
R$0,00
silhueta de quatro mulheres fazendo pose no pôr do sol

Texto sobre o Dia da Mulher obrigatório para homens e mulheres

Dia Internacional da Mulher é comemorado em 8 de março e carrega consigo muito mais do que uma homenagem àquelas que são sensíveis e ao mesmo tempo fortes, mas também muita luta histórica e discussões que estão sendo tratadas na atualidade, como o feminismo e a igualdade de gêneros. Então esse texto sobre o Dia da Mulher não é só para as mulheres, mas também para que os homens entendam um pouco do universo feminino e possam ter empatia pelo gênero, uma vez que somos todos humanos.

Contexto histórico Dia da Mulher

Dia Internacional da Mulher foi oficializado na década de 1970 pela ONU (Organização das Nações Unidas) pelos movimentos políticos das mulheres em busca de igualdade ao longo do século XX.

Sempre houve (e ainda existe) a cultura de que a mulher deveria ser submissa, ficar em casa cuidando dos filhos e não emitir opinião caso não fosse solicitado. Nos tempos mais remotos (“das cavernas”), o homem saía para caçar enquanto a mulher se ocupava de tarefas manuais, colhendo e preparando de alimentos e cuidado dos filhos. Porém assim como antes não tínhamos energia elétrica e agora temos, as coisas evoluíram e a mulher buscou cada vez mais o espaço que lhe era negado.

mulher trabalha com capacete em fábrica de veículos

Isso teve força principalmente depois da Revolução Industrial e as crises econômicas na Europa, que fizeram com que os trabalhos nas fábricas ficassem mais leves (por conta da automatização) e a mão de obra fosse barata e necessária. As mulheres buscaram postos para ajudar no sustento da família mas encontraram dificuldades: ganhavam menos e eram também menos respeitadas que os homens.

Vários movimentos políticos liderados por mulheres começaram a surgir e têm ganhado cada vez mais força, uma vez que ainda hoje as diferenças salariais e de não aceitação da presença firme da mulher na sociedade ainda são recorrentes. Além disso, os dados assustadores de feminicídio diários (ou seja: mulheres assassinadas pelo simples fato de serem mulheres) nos mostram que o Dia da Mulher é um dia que deve ser levado em consideração para transformação da sociedade como um todo.

Feminismo, o que é?

feminismo foi inspirado por movimentos iluministas como a Revolução Francesa e acompanha a ideia de que homens e mulheres devem ter direitos iguais. Nem mais, nem menos. Iguais.

cultura machista que ainda não aceita a mulher nas empresas, ganhando o mesmo ou mais que um homem e acha que elas não tem direito de expressão igual, deve ser revista. Afinal, como seria um mundo o qual as mulheres não trabalhassem mais, por exemplo? Os homens conseguiriam sustentar seus filhos e lares sozinhos, nos dias atuais?

silhueta de mulher contra por do sol com o braço levantado em sinal de luta

Pois é. O feminismo tem sim adeptos que são muito extremos, assim como outros movimentos políticos e sociais. Isso incomoda muita gente (homens e mulheres) e nada extremo é saudável. Porém a gente precisa entender e admitir de uma vez por todas que o feminismo não é pedir mais, é pedir o que é igual e justo – inclusive homens participam do movimento feminista, sabiam?

Afinal, se uma mulher trabalha 8h e tem as mesmas qualificações que um homem, eles deveriam estar no mesmo patamar. E se o homem tem seu direito garantido de ir e vir, o mesmo deve acontecer com a mulher.

Dito isso, entramos em outro assunto aterrorizante motivado pelo machismo, a falta de comunicação e tolerância: o feminicídio. Os números são alarmantes e é difícil aceitar que tantas mulheres morrem diariamente pelo simples fato de terem nascido com um cromossomo diferente.

É preciso conversar sempre, de forma construtiva, para mostrar aos homens (e principalmente aos que virão nas gerações futuras!) que a mulher não é uma ameaça e que o Dia da Mulher não é uma “frescura”, mas sim um dia simbólico que marca a tentativa de sermos todos mais tolerantes e humanos.

Historicamente homens foram criados para serem provedores, fortes e não demonstrar fraqueza. Mulheres foram criadas para cuidarem do lar, serem agradáveis e delicadas. Porém hoje sabemos que esse padrão de comportamento não existe e não podemos encaixotar pessoas em definições genéricas, pois esse foi um dos motivos de tantos problemas emocionais e psicológicos surgirem ao longo dos anos. Somos todos diferentes, com tipos diferente de força e qualidades: e é isso que nos faz maravilhosos.

Por que o feminismo é importante – Dados brasileiros

Para entender de forma prática o que estamos falando, alguns dados que o Dia Internacional da Mulher busca combater:

  • Mulheres ganham 20% a menos que os homens em todas as ocupações – dado do IBGE, (2018) citado pelo site Agência Brasil
  • É quase 3 vezes maior o número de mulheres que fazem trabalho familiar não remunerado em relação aos homens (ou seja: cuidar da casa e dos filhos, itens esses comuns aos dois gêneros) – dado 2018 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), fornecido pelo G1
  • 30% das mulheres deixam de trabalhar para cuidar dos filhos. Para os homens, esse índice é de 7% – pesquisa realizada pela Catho em 2018
  • 70% das mulheres são questionadas se são mães ou desejam ser – pesquisa realizada pelo site Vagas.com
  • Em 2015 houve 76.651 ocorrências de violência contra a mulher no Brasil via denúncia (180), sendo 50,16% correspondentes a violência física; 30,33%, a violência psicológica; 7,25%, a violência moral; 2,10%, a violência patrimonial; 4,54%, a violência sexual; 5,17%, a cárcere privado; e 0,46%, a tráfico de pessoas – dados do Ligue 180 e OMV (Observatório da Mulher contra a Violência, do Senado, em estudo publicado em 2018)
  • No Brasil, uma mulher é morta a cada duas horas, vítima de violência – Dados levantados pelo G1 em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública em 2019
  • Em 2017 a ONU (Organização das Nações Unidas) registrou 70 mil mulheres mortas no mundo, sendo que 30 mil delas foram mortas por companheiros ou ex-companheiros – dado citado pela Subcoordenadora de Comunicação Social da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro em entrevista para a Época em 2019
  • Pesquisar o termo “mulher” no Google no Brasil retorna um esmagador e desolador resultado em que praticamente todas as intenções de busca por termos relacionados a “mulher” (e o volume é imenso) são somente de cunho sexual. Também tem destaque a pesquisa por ‘delegacia da mulher’ – dados de fevereiro/2020 na ferramenta Ubbersugest

Concluindo, esse texto sobre o Dia da Mulher pode ser incômodo, mas a mudança muitas vezes causa desconforto. Precisamos conversar sempre (homens e mulheres!) para tentar mudar a situação e parar de ver mães cuidando de seus filhos sem o apoio efetivo do marido (não só financeiro, mas emocional e na divisão de tarefas!), mulheres com medo de andar em ruas que tenham só homens circulando, enfim…respeito e empatia pelo próximo, que é o mínimo que a gente espera para um mundo melhor para nossos filhos. Afinal, nenhum homem gostaria que sua mãe fosse maltratada, então por que fazer isso com outras mulheres?

mulheres de várias etnias sentadas e apoiadas em uma mesa, olhando para câmera em pose de poder

Como cita a major Claudia Moraes para a Época em entrevista (incrível, aliás): “o lugar mais inseguro para as mulheres é dentro de casa, ao contrário do que pregam, que a rua é para os meninos e a casa para as meninas. Os meninos morrem na rua e as meninas morrem em casa. Temos de falar sobre isso.” O machismo deve parar dentro de nossas casas, ser interrompido e combatido para um comentário que é supostamente “inofensivo” não faça coro a atitudes que não só envergonham, como matam.

Se você conhece uma mulher que foi vítima de violência de gênero de qualquer forma (física, psicológica, moral…), indique a ela uma ONG muito legal que presta auxílio psicológico e jurídico gratuito para esses casos: a ONG Mapa do Acolhimento e ajude-a a superar um trauma.

Mulheres que inspiram

A mulher costuma ser sim mais sensível que o homem. As mulheres tendem a ser compreensivas, pacientes e resilientes. Ter uma mulher por perto é sinônimo de lealdade e força!

Força porque carregam o mundo nas costas. E muitas vezes sofrem caladas ou falam sem querer. E se doem e se doam para causas e que nem sempre são suas, mas que tomam para si porque afinal…o que é mais uma tarefa, não é mesmo?

As mulheres carregam a vida dentro de si e trazem ao mundo mais cor, mais riso, mais leveza. Quem não conhece uma mulher “porreta” que se desdobra, traz orgulho e felicidade para seus dias?

Por isso queremos que cada vez mais a mulher se valorize e seja valorizada! Elas merecem e muito…!

Se você tem uma amiga, conhecida ou familiar mulher que admira (e não devem ser poucas!), diga para ela o quanto ela é incrível, e nesse Dia da Mulher estimule-a a ser sua melhor versão.

Para dar um presente para amiga especial ou um presente para mãe por exemplo, saiba que temos os quadros decorativos do Mapa do Meu Céu, com o mapa das estrelas de como estava o céu no dia do aniversário dela, por exemplo!

Coloque uma frase de autoestima bem legal e personalize com as cores que achar mais a carinha dela aqui! Temos certeza que você vai amar esse presente personalizado para amiga ou mãe e que com isso também vai ficar inspirada (o) para valorizar e inspirar outras mulheres!

três mulheres riem e ao lado tem um pôster rosa do mapa do meu céu falando para valorizar uma  mulher especial

Compartilhe esse texto com homens e mulheres para que saibam que o Dia da Mulher é mais do que uma data, é um pedido de carinho e consideração. <3 Seja amor, sempre.

Bem Estar Datas Comemorativas

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous reading
O que é sororidade e como valorizar uma mulher
Next reading
Decoração de casamento simples: dicas e sugestões!